CaféMercearia

Como fazer café expresso: veja o passo a passo com vídeo

maquina de cafe
Imagem via chevanon no Freepik

Quer saber sobre como fazer um café expresso? Então você está no lugar certo. Hoje você irá conhecer o passo a passo para produzir essa bebida tão apreciada pelos brasileiros.

Segundo dados do livro “O Consumo de Café Expresso no Brasil”, atualmente, no Brasil, o café espresso responde por 5% do consumo total. Por isso ensinar como fazer um bom expresso vai ajudar muitas pessoas a consumir a bebida da melhor forma.

O que é o café expresso?

O café expresso é uma das bebidas mais populares do mundo e é conhecido por seu sabor forte e intenso. 

Ele é feito pressionando água quente através de grãos de café moídos finamente, em alta pressão e por um curto período de tempo. A palavra “espresso” vem do italiano e significa “pressionado”, referindo-se ao processo de fazer o café.

Uma das principais diferenças entre o café espresso e o coado é a maneira como a água passa pelo café. No coado, a água é derramada sobre o café moído e, em seguida, passa lentamente através dele, fazendo com que a bebida seja mais suave e com menos cafeína. Já no expresso, a água quente é forçada através do café moído em alta pressão, o que resulta em uma bebida mais forte, concentrada e com mais cafeína.

Essa diferença no processo torna o café mais forte e concentrado e uma textura cremosa diferente da do café coado mesmo utilizando o mesmo grão.

Como funciona a máquina de café expresso?

A máquina de café expresso é um equipamento muito utilizado em cafeterias e locais que servem café de qualidade. Ela funciona a partir da combinação de água quente sob pressão com café moído fino, produzindo uma bebida encorpada e aromática.

Veja abaixo os principais pontos sobre como a máquina de café expresso funciona:

  • A água é aquecida por uma resistência elétrica e armazenada em um reservatório interno;
  • Quando o botão é acionado, a água é forçada através de uma bomba para dentro de um cilindro que contém o café moído;
  • A pressão faz com que a água passe pelo café, extraindo seus sabores e aromas;
  • A bebida é direcionada para a xícara através de um bico vaporizador, que ajuda a criar uma camada de creme na superfície do café;
  • Após o preparo, os resíduos de café são descartados em um recipiente próprio na máquina.

Esses são os principais passos para o funcionamento da máquina de café expresso. É importante lembrar que existem diversos tipos e modelos de máquinas de café expresso, mas o processo básico de preparo é semelhante em todos eles.

Passo a passo para fazer um café espresso

O café expresso é uma das bebidas mais populares em todo o mundo, especialmente no Brasil. Ele é apreciado por muitos devido à sua forte concentração e sabor rico e intenso. Para preparar um café expresso delicioso, primeiro confira nosso guia para fazer o café perfeito em casa e depois siga os seguintes passos:

Passo 1: Escolha um café de qualidade

A qualidade do café que você escolhe é fundamental para o sabor do seu café expresso. Certifique-se de escolher um café fresco e de alta qualidade. Procure por cafés com torra média ou escura e grãos inteiros para garantir a melhor experiência.

Passo 2: Moa os grãos

Moa os grãos de café em uma moedora própria para café expresso. A moagem deve ser fina e uniforme para garantir uma extração adequada do café.

Passo 3: Prepare a máquina

Verifique se a máquina de café expresso está limpa e pronta para uso. Coloque água limpa no reservatório da máquina e ligue-a para pré-aquecer.

Leia também:  Como fazer café coado perfeito: veja o passo a passo

Passo 4: Faça a extração

Coloque o café moído no filtro da máquina de café expresso e pressione levemente. Certifique-se de que o café esteja uniformemente distribuído e compactado no filtro. Em seguida, encaixe o filtro na máquina e inicie a extração.

O tempo de extração deve ser de aproximadamente 25 segundos para um café expresso padrão. O café expresso deve sair em um fluxo constante, com uma cor creme e consistência aveludada.

Passo 5: Aprecie o seu café

Após a extração, desligue a máquina e aprecie o seu café expresso. O café expresso é tradicionalmente servido em uma xícara pequena e deve ser apreciado imediatamente.

Seguindo esses passos simples, você pode preparar um café expresso delicioso em casa e desfrutar do sabor intenso e único desta bebida icônica. Lembre-se de escolher um café de qualidade e moer os grãos corretamente para garantir a melhor experiência de café expresso.

Ainda na dúvida sobre como preparar um expresso? Veja abaixo o vídeo criado pelo canal Coffe and Joy sobre como fazer um expresso caseiro perfeito.

Tire suas dúvidas do campo tire suas duvidas do campo

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre o café espresso.

O correto é café espresso ou expresso? 

Ambas as grafias estão corretas e aceitas, porém, a grafia “espresso” é a forma mais próxima da original em italiano, enquanto “expresso” é a forma mais comum e utilizada em português.

A palavra “espresso” vem do italiano e significa “espremido”, referindo-se ao processo de extração do café que utiliza pressão para gerar a bebida.

Porém, em geral, no Brasil, é mais comum a utilização da palavra “expresso” que traria um significado de algo rápido de fazer o que pode acabar causando alguma confusão. 

O que tem mais cafeína expresso ou coado?

Segundo divulgado pelo portal UOL, o café expresso possui menos cafeína do que o café coado, mas sua concentração na bebida é maior. 

Sendo assim, faz pouca diferença sobre qual tem mais ou menos cafeína, já que de maneira geral uma xícara de 150 ml de café e uma dose de expresso de 50 ml tem uma quantidade muito semelhante de cafeína.

Qual a diferença entre café e café expresso?

A diferença entre um café de coador e um café expresso envolve uma série de fatores que iremos explicar melhor abaixo.

  • Preparo: preparado em uma máquina especial com uma quantidade de pó por volume de água maior que a média. 
  • Temperatura: a temperatura da água para o preparo do expresso é de 90ºC. 
  • Cafeína: o expresso contém menos cafeína. Para ilustrar, uma xícara de café expresso contém entre 90 a 200 mg de cafeína, enquanto a xícara do café coado tem entre 150 e 300 mg.
  • Densidade: costuma ser mais forte e denso, já que a quantidade de café e tempo de contato com a água são diferentes do coado.
  • Aroma e sabor: essa bebida tem aroma e sabor muito marcantes com a acidez sendo bem acentuada.

Qual é a origem do café? 

Especificar a origem do café como bebida não é algo tão simples, pois  não existem registros oficiais do momento em que começamos a usá-lo como bebida, mas tentei abaixo reproduzir parte dessa  história que atravessa os séculos. 

Sabemos que a planta selvagem é originária da região das terras altas da Etiópia (províncias de Kaffa e Enária), mas sua domesticação originalmente se deu na cidade murada de Harar, no leste do país.

Se você quer conhecer essa história que atravessa os séculos, confira nosso guia sobre a origem do café.

Como moer seus grãos de café?

Ao moer os grãos de café, aumentamos significativamente a superfície de contato entre a água e o café, o que resulta em uma maior extração dos compostos solúveis que compõem o sabor e o aroma do café.

Porém, se o tamanho da moagem for muito fino, a água terá dificuldade em fluir pelos grãos, o que pode levar a uma extração excessiva, resultando em um café amargo e desagradável. Por outro lado, se a moagem for muito grossa, a água passará rapidamente pelos grãos, resultando em uma extração insuficiente, o que pode resultar em um café fraco e sem sabor.

Leia nosso guia de como moer café em casa para chegar a granulometria ideal para seu método de preparo.

Agora que você já conhece tudo sobre o café expresso é hora de compartilhar este conteúdo com pessoas que você gostaria que conhecessem mais sobre ela.

E não esqueça, tudo que você precisa para se alimentar com saúde você encontra no Compre do Campo.

 

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Produzindo conteúdo com o objetivo de impulsionar esses pequenos produtores e incentivar a agricultura orgânica, agroecológica e familiar brasileira, com respeito ao meio-ambiente e aos animais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *