Lentilha: benefícios, para que serve e como cozinhar

Grãos de Lentilha verde e vermelha

A lentilha é um alimento que tem sido parte integrante da dieta humana há milênios. Rica em proteínas, fibras e outros nutrientes essenciais, ela é uma leguminosa que desempenha um papel vital em muitas culturas ao redor do mundo. Sua versatilidade e benefícios para a saúde a tornam uma escolha popular para muitos pratos.

No Brasil, ela é frequentemente associada a tradições de Ano Novo, mas seus usos vão muito além das festividades. Ela é uma fonte acessível de nutrientes importantes e pode ser preparada de várias maneiras deliciosas.

Neste artigo, você encontrará tudo sobre a lentilha, desde sua origem até seus benefícios nutricionais, formas de preparo e muito mais. Continue lendo para descobrir tudo o que você precisa saber sobre essa leguminosa deliciosa.

Origem 

Ela é uma leguminosa que tem sido cultivada e consumida por seres humanos há milhares de anos. Originária do Oriente Médio, ela é uma das primeiras plantas a serem domesticadas e tem sido uma parte vital da dieta humana desde então.

O nome “lentilha” vem do latim “lens”, uma referência à sua forma semelhante a uma lente convexa. Essa semelhança também é refletida em outros idiomas, como o francês “lentille” e o italiano “lenticchia”.

História da lentilha:

  • 8000 a.C.: primeiros registros de cultivo no Crescente Fértil, região do Oriente Médio.
  • 4000 a.C.: expansão para o Egito e regiões do Mediterrâneo, tornando-se um alimento básico.
  • Idade Média: popularização na Europa, especialmente em sopas e ensopados.
  • Século XX: introdução e expansão no Brasil e outras partes do mundo.

Quanto à produção, o Canadá é o maior produtor no mundo, contribuindo com uma parte significativa da produção global. No Brasil, o cultivo de lentilhas é mais concentrado na região Sul, e o país tem visto um aumento na produção e no consumo dessa leguminosa nutritiva e versátil.

Quais os tipos 

A lentilha é uma leguminosa rica e diversificada que se apresenta em várias formas, cada uma com suas próprias características únicas. Conheça mais sobre os tipos de lentilha abaixo:

  • Marrom, de cor marrom a verde-marrom, tem um sabor terroso e suave, sendo ideal para sopas e ensopados, pois mantém a forma após o cozimento.
  • Vermelha, de cor vermelho-alaranjado, é levemente adocicada e noz, comumente usada em pratos indianos, como dals, e desmancha facilmente ao cozinhar.
  • Verde, de cor verde, tem um sabor levemente picante e fresco, sendo ótima em saladas e pratos frios, mantendo a textura após o cozimento.
  • Preta, ou Beluga, de cor preta, é rica e terrosa, usada em pratos gourmets, mantendo a forma e tendo uma textura firme.
  • Francesa, ou Puy, de cor verde-escuro, é conhecida por seu sabor noz e terroso e sua textura firme, sendo usada em saladas e pratos sofisticados.
  • Amarela, de cor amarela, tem um sabor suave e delicado, sendo semelhante à vermelha e comum em pratos do Oriente Médio.

Esses tipos de lentilhas oferecem uma variedade de opções para cozinheiros e entusiastas da culinária, permitindo a exploração de uma ampla gama de sabores e texturas.

Quais os benefícios

Além de ser um alimento saboroso e versátil, é também repleta de benefícios para a saúde. Rica em nutrientes, ela serve como uma excelente fonte de proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Vamos explorar os principais benefícios da lentilha:

  • Fonte de proteínas: são uma excelente fonte de proteínas vegetais, o que as torna uma opção ideal para vegetarianos e veganos.
  • Alto teor de fibras: contendo uma quantidade significativa de fibras, elas ajudam na digestão e podem contribuir para a redução do colesterol.
  • Controle do açúcar no sangue: As fibras presentes nas lentilhas também ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, sendo benéficas para diabéticos.
  • Rica em ferro: é uma boa fonte de ferro, mineral essencial para a produção de hemoglobina e transporte de oxigênio no sangue.
  • Fonte de folato: Contém folato, uma vitamina B que é vital para saúde do cérebro e a produção de DNA.
  • Promove a saúde do coração: Os nutrientes encontrados nas lentilhas, como potássio e magnésio, podem contribuir para a saúde cardiovascular.
  • Auxilia na perda de peso: Sendo baixa em calorias e rica em fibras, ela pode ajudar na sensação de saciedade, auxiliando na perda de peso.
  • Boa para a saúde dos olhos: algumas de suas variedades, especialmente as de cor laranja, contêm vitamina A, que é essencial para saúde dos olhos.
  • Fonte de antioxidantes: contêm antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres, protegendo as células e prevenindo o envelhecimento precoce.
  • Apoio à saúde óssea: com a presença de minerais como cálcio e fósforo, elas podem contribuir para a saúde óssea.

Quer saber mais sobre os benefícios da lentilha? Então assista ao vídeo da nutricionista Patricia Leite (CRN: 0510146-5) onde ela explica tudo sobre a leguminosa.

A inclusão de lentilhas na dieta não só enriquece o paladar com suas diversas variedades e sabores, mas também fortalece o corpo com seus inúmeros benefícios à saúde. Seja em uma refeição diária ou em ocasiões especiais, as lentilhas podem ser um aliado valioso para uma vida saudável e equilibrada.

Quem não pode comer

É sempre aconselhável consultar um profissional de saúde ou nutricionista antes de fazer mudanças significativas na dieta. Aqui estão algumas possíveis contraindicações:

  • Problemas gastrointestinais: Pessoas com síndrome do intestino irritável (SII) ou problemas digestivos semelhantes podem encontrar dificuldades com lentilhas, pois elas são ricas em fibras e podem causar inchaço e desconforto gastrointestinal em alguns indivíduos.
  • Alergias: Embora raro, algumas pessoas podem ser alérgicas a lentilhas. Se você tem uma alergia conhecida a leguminosas, é aconselhável evitar lentilhas ou consultar um especialista antes de consumi-las.
  • Dieta com restrição de potássio: Pacientes com doença renal crônica ou outras condições que requerem uma dieta com restrição de potássio devem ter cuidado com o consumo de lentilhas, pois elas são uma fonte significativa deste mineral.
  • Interação com medicamentos: Lentilhas contêm altos níveis de vitamina K, que pode interagir com medicamentos anticoagulantes. Se você estiver tomando esses medicamentos, converse com seu médico antes de aumentar o consumo de lentilhas.
  • Preparação inadequada: Lentilhas cruas contêm antinutrientes que podem interferir na absorção de alguns minerais. É importante cozinhá-las adequadamente para evitar possíveis problemas de saúde.
  • Gravidez e amamentação: Embora geralmente seguras, é sempre bom consultar um profissional de saúde durante a gravidez e amamentação para garantir que a lentilha se encaixe bem em sua dieta.

Lembrando sempre que cada corpo tem suas necessidades e sensibilidades específicas, e o que pode ser benéfico para uma pessoa pode não ser para outra. A orientação de um profissional de saúde ou nutricionista é essencial para entender como a lentilha ou qualquer outro alimento pode se encaixar em sua dieta individual e necessidades de saúde.

Informações nutricionais

A lentilha é um alimento altamente nutritivo, rico em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. É uma excelente fonte de nutrientes essenciais para a saúde e bem-estar geral. Abaixo, você encontrará uma tabela com as principais informações nutricionais para uma porção de 100 gramas de lentilhas cozidas:

Nutriente Quantidade
Calorias 116 kcal
Proteínas 9,02 g
Gorduras Totais 0,38 g
Carboidratos 20,13 g
Fibras 7,9 g
Açúcares 1,8 g
Cálcio 19 mg
Ferro 3,3 mg
Magnésio 36 mg
Fósforo 180 mg
Potássio 369 mg
Sódio 2 mg
Zinco 1,27 mg
Vitamina C 1,5 mg
Tiamina (Vitamina B1) 0,17 mg
Riboflavina (Vitamina B2) 0,07 mg
Niacina (Vitamina B3) 1,06 mg
Vitamina B6 0,18 mg
Ácido Fólico 181 µg
Vitamina B12 0 µg
Vitamina A 2 IU
Vitamina D 0 IU
Vitamina E 0,11 mg
Vitamina K 2 µg

Fonte:USDA

Consumo diário recomendado

A lentilha é um alimento altamente nutritivo e pode ser uma adição valiosa à dieta diária. No entanto, a quantidade recomendada para o consumo diário pode variar dependendo de vários fatores, como idade, sexo, nível de atividade física e necessidades nutricionais individuais.

Segundo dados divulgados pela Fundação Cargill, o consumo ideal de lentilha é de duas colheres de sopa por semana, variando seu consumo com feijão ou grão-de-bico.

No entanto, é fundamental reforçar que cada corpo tem necessidades específicas, e o que pode ser ideal para uma pessoa pode não ser para outra. A inclusão de lentilhas ou qualquer outro alimento novo na dieta deve ser feita com cuidado e preferencialmente sob a orientação de um nutricionista ou profissional de saúde especializado.

Como cozinhar lentilha

Sendo um componente essencial em diversas cozinhas ao redor do mundo. Sua textura única e sabor suave a tornam compatível com uma ampla variedade de pratos. Abaixo, estão alguns dos principais usos na culinária.

  • Sopas e Ensopados: Ideal para criar pratos reconfortantes.
  • Saladas: Oferece uma textura agradável e complementa bem outros ingredientes.
  • Pratos Principais: Utilizada em diversas cozinhas, como a indiana, em pratos como “dal.”
  • Hambúrgueres Vegetarianos: Uma ótima opção para substituir a carne.
  • Acompanhamentos: Pode ser servida como um delicioso acompanhamento para carnes e peixes.
  • Snacks Crocantes: Pode ser torrada para criar snacks saudáveis.

Receitas Favoritas do Redator:

  • Arroz com Lentilha: Um prato clássico e nutritivo, ele é feito cozinhando lentilhas e arroz com especiarias e ervas. É uma refeição completa e saborosa, muitas vezes servida com cebolas caramelizadas por cima.
  • Sopa de Lentilha: Esta sopa cremosa e reconfortante é feita cozinhando lentilhas com vegetais, caldo e temperos. Pode ser servida com um toque de limão e pão crocante.
  • Salada de Lentilha: Uma salada refrescante e satisfatória, combinando lentilhas cozidas com vegetais frescos, queijo feta e um molho leve. É uma opção perfeita para um almoço saudável.
  • Hambúrguer de Lentilha: Feito com lentilhas cozidas, aveia, cebola e especiarias, esses hambúrgueres são uma alternativa vegetariana deliciosa aos hambúrgueres tradicionais.
  • Dal Tadka: Um prato indiano popular, feito com lentilhas cozidas e temperadas com especiarias aromáticas. É geralmente servido com arroz ou pão naan.

A lentilha é, sem dúvida, um ingrediente valioso na culinária, oferecendo uma variedade de opções para criar pratos deliciosos e nutritivos. Experimentar com diferentes tipos e receitas pode abrir um novo mundo de sabores e texturas.

Como escolher e guardar lentilha

Aqui estão algumas boas práticas que você deve considerar ao escolher a lentilha:

  • Data de Validade: Verifique a data de validade na embalagem. Alimentos mais frescas cozinham mais rapidamente e têm um sabor melhor.
  • Embalagem: Certifique-se de que a embalagem está selada e sem danos para garantir a qualidade do produto.
  • Origem: Se possível, opte por opções orgânicas, cultivadas sem o uso de pesticidas ou herbicidas químicos.
  • Qualidade: procure grãos inteiras sem rachaduras ou quebras. A cor deve ser brilhante e uniforme.
  • Uso Culinário: considere para o que você vai utilizá-la. Por exemplo, para saladas, opte por lentilhas que mantenham sua forma, como as verdes ou pretas.
  • Tipo de Lentilha: Identifique o tipo de lentilha que você precisa para sua receita. Cada tipo tem características e usos culinários distintos.

Aqui estão algumas boas práticas que você deve considerar ao guardar a lentilha:

Guardar a lentilha corretamente é essencial para manter sua qualidade e sabor. As lentilhas devem ser armazenadas em um recipiente hermético em um local seco e fresco, longe da luz direta do sol. É aconselhável não misturar diferentes tipos de lentilhas no mesmo recipiente, pois cada tipo pode ter um tempo de cozimento diferente.

Na hora de guardar, lembre de etiquetar o recipiente com a data de compra e a data de validade. Também tenha atenção a sinais de umidade ou infestação de pragas.

Seguindo essas boas práticas, você garantirá que suas lentilhas permaneçam frescas e prontas para serem usadas em suas receitas favoritas.

Tire suas dúvidas

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre a lentilha.tire suas duvidas do campo

Lentilha engorda?

A lentilha é uma fonte rica de proteínas e fibras, mas baixa em gordura. Ela pode ser parte de uma dieta saudável e equilibrada. Como qualquer alimento, o consumo excessivo pode levar ao ganho de peso, mas em porções moderadas, ela é uma escolha nutritiva e satisfatória.

Tem que deixar a lentilha de molho?

Deixar a lentilha de molho não é estritamente necessário, mas pode reduzir o tempo de cozimento. Algumas pessoas preferem deixá-las de molho por algumas horas ou durante a noite para facilitar a digestão.

Como fazer lentilha na panela de pressão?

Cozinhar lentilha na panela de pressão é rápido e fácil. Combine os grãos com água na proporção de 1:3, adicione temperos e cozinhe sob pressão por cerca de 10-15 minutos.

Quanto tempo para cozinhar lentilha?

O tempo de cozimento da lentilha varia conforme o tipo e se foram deixadas de molho. Geralmente, leva de 15 a 40 minutos em fogo médio.

Como preparar lentilha vermelha?

Esse tipo cozinha mais rapidamente e se desfaz facilmente, tornando-se ideal para sopas e purês. Cozinhe com água, temperos e vegetais até ficar macia, geralmente em cerca de 15-20 minutos.

Ela é, sem dúvida, um alimento versátil e nutritivo que merece um lugar de destaque na culinária. Seja em sopas reconfortantes, saladas frescas ou como base para pratos mais elaborados, ela oferece uma abundância de benefícios à saúde. No entanto, como com qualquer alimento, é fundamental entender suas características, saber como escolher, preparar e armazenar corretamente.

E, claro, sempre consulte um especialista em nutrição ou profissional de saúde antes de fazer mudanças significativas em sua dieta. A lentilha pode ser um complemento saboroso e saudável para sua alimentação, oferecendo sabor e nutrição em cada porção.

Agora que você já conhece tudo sobre a lentilha, é hora de compartilhar este conteúdo com pessoas que você gostaria que conhecessem mais sobre ela.

E não esqueça, tudo que você precisa para se alimentar com saúde você encontra no Compre do Campo.

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Produzindo conteúdo com o objetivo de impulsionar esses pequenos produtores e incentivar a agricultura orgânica, agroecológica e familiar brasileira, com respeito ao meio-ambiente e aos animais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *